Ao lado da primeira-dama Michelle Bolsonaro, Carla Zambelli participa de evento sobre doenças raras em São Paulo

A deputada Carla Zambelli participou, na manhã desta quinta-feira (05), da 5ª edição do Cenário das Doenças Raras no Brasil, organizado pela Casa HUNTER (Associação Brasileira dos Portadores da Doença de Hunter e outras Doenças Raras) e realizado na cidade de São Paulo.

O evento faz parte da homenagem ao Dia Mundial das Doenças Raras, comemorado em 29 de fevereiro. Estiveram presentes, dentre outras autoridades, a primeira-dama Michelle Bolsonaro, a advogada Dra. Rosângela Moro e o presidente da Casa Hunter e Febrararas Sr. Antoine Daher.

A deputada disse, em seu discurso, sobre a importância do governo Bolsonaro na causa dos pacientes raros. Para ela, a participação da primeira-dama confirma isso. “Ela tem uma empatia natural com as pessoas, colocada em prática dia-a-dia e não apenas na frente do público. A Michelle vive isso e faz com que o governo Bolsonaro tenha algo que ainda não tínhamos visto”, disse.

Para Carla Zambelli, as pessoas portadoras de doenças raras são “presentes de Deus” e que aqueles “que têm uma pessoa rara na família são especiais”.

Ela ainda destacou a importância do trabalho do presidente da Casa HUNTER, Antoine Daher. Segundo a parlamentar, pessoas como Daher “podem fazer grande diferença no nosso país e mundo”. Ela complementou reafirmando o apoio à causa dentro do Parlamento e desejando sucesso aos organizadores do evento. “Tenho certeza que Antoine Daher e sua esposa, onde colocarem as mãos, construirão coisas especiais”, finalizou.

Vice-presidente da Frente Parlamentar de Doenças Raras e membro da Comissão Externa destinada a acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos, projetos e programas do Governo Federal voltados para a Primeira Infância, Zambelli pontou a atuação de diversos agentes para o cuidado com os raros. “O Ministro Mandetta tem feito um trabalho sensacional, assim como o deputado Diego Garcia, que é o presidente da Frente de Doenças Raras”.

Publicação Anterior

Carla Zambelli e Bia Kicis representam contra Gleisi Hoffmann na PGR por crime de calúnia

Próxima Publicação

NOTA – PLNs 2, 3 e 4

1 comentário

  1. Nazareth Moreira Damasceno disse:

    Achei linda essa iniciativa da primeira Dama muito gratificante participar dessa causa de doenças raras, acho que todos cidadoes teriam que olharem não só com ajuda financeira, mas de uma força maior em visitá-los, dialogarem muitos são carentes de afetos. Agora o financeiro tem visto pelo nosso presidente. Moro em Anápolis-Go, gostaria muito em trabalhar nessa parte se caso tiver alguma casa de ajuda a essas pessoas aqui em Anápolis-Go, me chama para trabalhar ficarei muito grato, amo ajudar pessoas. Não tenho condições financeiras mas somente boa vontade em ajudar.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Scroll to top