EM DESTAQUEIMPRENSANOTÍCIAS
Tendência

Carla Zambelli aponta atos antidemocráticos em shopping e pede investigação



A Deputada Federal Carla Zambelli apresentou, nesta quinta-feira (09/06), pedido de investigação ao Ministério Público do Estado de São Paulo em relação à invasão a um shopping center na zona sul da capital paulista ocorrida no dia anterior e sob coordenação do MTST.

Imagens obtidas pela parlamentar demonstram que, ao contrário do que divulgado, o ato foi marcado por correria e gritaria, perturbando o trabalho dos profissionais do local e o lazer e descanso daqueles que estavam no ambiente, o que constitui contravenção penal prevista no Decreto-Lei nº 3.688.

O pedido de investigação foi apresentado nos autos de um inquérito em andamento, que investiga a invasão da sede da B3, e que foi aberto também a pedido de Carla Zambelli, ainda em 2021.

Para Zambelli, o ato desta quarta-feira compõe uma estratégia coordenada e com viés revolucionário, na medida em que “os locais que foram alvos das manifestações são ambientes dedicados a atividades diretamente vinculadas ao sistema econômico nacional”.

Conforme a legislação brasileira, os atos podem ser enquadrados como de caráter antidemocrático, pelo que a deputada solicitou que, “a fim de promover a defesa do Estado Democrático de Direito e a proteção à segurança nacional, seja apurado ocorrido e realizadas as devidas responsabilizações”.

Para Zambelli, “esse tipo de balbúrdia é uma resposta da esquerda, que tem Lula como líder, que reage na medida em que a economia se recupera e a geração de empregos bate recorde”. A deputada ainda aponta que os recentes discursos de ódio de Lula estão estimulando os militantes a “quebrar” a ordem democrática. “Lula parece querer se vingar dos brasileiros e sua intenção é criar um ambiente desagradável para todos, já que ele próprio não pode andar pelas ruas do país, uma vez que é rechaçado pela maioria esmagadora da população”.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo