EM DESTAQUENOTÍCIAS

Carla Zambelli e Coronel Aginaldo respondem a Ciro Gomes e destacam que ele quer palanque para ostentar 3ª via

A deputada federal Carla Zambelli respondeu à interpelação judicial de Ciro Gomes, que reclama na justiça contra a parlamentar e seu marido, Coronel Aginaldo.

Ela afirma que o pedetista é “persona non grata perante os membros da Polícia Militar e da Polícia Civil, por suas tortuosas manifestações, buscando tratar os componentes das Forças de Segurança com indevida subserviência, tentando impor uma subalternidade dócil e passiva, sem manifestar o natural respeito a uma instituição das mais elogiadas no desenvolvimento de suas atribuições constitucionais”.

De acordo com Zambelli, o “ex-vereador, ex-prefeito, ex-deputado estadual, ex-governador, ex-ministro da Fazenda e eterno candidato à Presidência da República, ao que parece, vem apostando todas as suas fichas no próximo pleito eleitoral, dando uma guinada; ou um cavalo de pau; ou um duplo twist carpado com mortal na segunda pirueta; tornando-se um candidato de direita, ou centro-direita, de um momento para outro, virando a cara (rabissaca) para a esquerda progressista, demonstrando uma sensibilidade incompatível com sua couraça de indiferença e arrogância com que trata a legião de inimigos cultivados ao longo de anos”.

Ciro Gomes reclama que, em vídeo publicado nas redes sociais, a deputada pontua que o ex-aliado de Lula usa “números distorcidos” em relação aos dados da segurança pública no Ceará, e que ele fez “uso excessivo e contumaz de bebidas alcoólicas”. Cita ainda que o Coronel Aginaldo o teria chamado para um duelo, sendo que no próprio vídeo o Coronel afirma que duelo é uma prática ilegal.

Em resposta, Zambelli esclarece que o próprio Ciro “faz um silogismo que põe em xeque toda a estrutura da Segurança Pública” no Ceará, “ao asseverar que, no momento em que tais índices são reduzidos, haveria uma reação dos próprios militares para fomentar, através de motins ou outros meios espúrios, a vandalização dos valores sociais que se pretendem preservar, de modo a inflar novamente a prática de atos criminosos”. Ela lembra que “basta mencionar que o Ceará é o estado com maior aumento dos homicídios no ano de 2020, conforme matéria veiculada no portal G1 em 12/02/2021”.

Quanto ao argumento da ingestão de bebidas alcoólicas, a parlamentar destaca que “mesmo um ouvinte menos atento perceberia traços de confusão decorrente de altos níveis de álcool na corrente sanguínea a embargar a voz do interpelante, quando de sua fala, conforme registra o arquivo de mídia correspondente”.

Em relação ao comentário do Coronel Aginaldo, é ressaltado que a fala foi um “desabafo de quem amargou impotente as covardes investidas do interpelante em relação à sua esposa, consorte, companheira”. Segundo o documento, as palavras do comandante da Força Nacional foram “uma válvula de escape para externar um sentimento de indignação contra ato de extrema covardia, a demonstrar iniludível pobreza de espírito, de quem domina a oratória e dela faz uma arma voltada a destruir reputações, tão ao gosto do interpelante”.

Créditos: Divulgação
Mostrar mais

6 Comentários

  1. O problema é que tudo que não deveria existir, existe, tudo que é improvável, acontece. Nós, eleitores, temos que fazer uma faxina geral nas próximas eleições, em todos os níveis da política.

  2. Eu vi esse maluco falando um monte de asneira sobre o nosso PRESIDENTE BOLSONARO, no programa do Datena, ele falou sozinho o tempo todo. Datena ainda falou que ele foi o único que ele não precisou fazer nenhuma pergunta. Olha vou dizer uma coisa, me deu vontade de vomitar de tanta mentira que ele disse. Ele tinha que estar numa camisa de força! Boa noite deputada, pena que você não é do meu estado para eu votar em você! Beijos

  3. Perfeito!! O negócio agora é deixar o bêbado Ciro, com sua insignificância… e vamos tocar em frente, pois, o Brasil tem como missão, retirar da vida pública este monte de PARASITAS que entraram através da URNA COMUNISTAS FRAUDADA… enganando a nossa população… NÃO podemos perder o foco em #votoimpressoauditaveljá

  4. Estimada Deputada Carla Zambelli, Voltei depois de 30 dias privado de meu direito constitucional nesta rede por compartilhar fatos aos quais a ditadura julga ser fake news só por que os denunciam??? Isso NÃO É DEMOCRACIA, É UMA MENTIRA DA VERDADE IDEOLÓGICA DISTORCIDA DE FATOS REAIS DOS QUAIS ELES NÃO CONSEGUEM ACEITAR SER VERDADE??? Fica aí a reflexão para uma ação subjugada contra a democracia que desrespeitada é amordaçada por essa REDE e uma gente que odeia a verdade como foi aplicada ao político Daniel Silveira e outros ao longo da história de vida na luta pela liberdade de expressão!!! Obrigado. Viva BRASIL ACIMA DE TUDO, DEUS ACIMA DE TODOS 🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo