CMADSNOTÍCIAS

Carla Zambelli ressalta risco do PL “Animal não é Coisa” para os próprios animais e para quem precisa deles

Com o objetivo de esclarecer os pontos negativos do Projeto de Lei nº 6.054/2019, a deputada federal Carla Zambelli se manifestou na reunião da Comissão de Meio Ambiente, da qual é presidente, nesta quinta (08). Ela afirmou que a proposta, que fornece natureza jurídica para animais domésticos e silvestres, vai colocar em risco a defesa dos animais, de projetos que os envolvem, além da execração do direito das pessoas que dependem desses animais.

Ela chamou o autor da matéria, deputado Ricardo Izar (PP/SP) e o relator deputado Célio Studart (PV/CE), para realizar um debate na comissão sobre o assunto. “Do jeito que está, o projeto pode criar uma ADIN (Ação Direta de Inconstitucionalidade) no futuro, mas a gente pode consertar”, afirmou.

Zambelli pontuou que recebeu diversos grupos interessados no tema e que eles relataram muita preocupação com a aprovação do PL. “Donos de pets, criadores de cães guia, cães farejadores – que inclusive trabalharam em Mariana – cães policias, cães de Corpo de Bombeiros, os que farejam drogas, estão desesperados pois têm certeza que, se aprovado, a proposta criará uma natureza jurídica inexistente na questão animal e inviabilizará a possibilidade de que as raças progridam”.

A parlamentar lembrou ainda das associações de cegos e de autistas, estes que utilizam da equoterapia para o tratamento da saúde mental e do bem-estar. “Já aprovamos 09 de 22 projetos de autoria ou vinculados à esquerda. Estou sendo a mais democrática possível, mas esse projeto especificamente vai prejudicar a todos, aos animais, aos seus criadores e àqueles que precisam deles”, finalizou.

Créditos: PSL na Câmara
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo