EM DESTAQUEIMPRENSANOTÍCIAS

Em três anos, Governo Federal autorizou R$ 25,9 milhões para sinalização turística no país

Iniciativa é um importante instrumento de comunicação para orientação de deslocamentos e acessibilidade de turistas



A sinalização de destinos e atrativos turísticos facilita a circulação e a localização dos principais pontos que podem ser visitados em cada cidade do país. Entendendo a importância da iniciativa, nos últimos três anos, o Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo, autorizou R$ 25,9 milhões para financiar a implantação de sinalização turística em 67 municípios de 15 estados do país.

A ação busca orientar e direcionar turistas quanto ao melhor acesso, distâncias percorridas, eventuais conexões entre pontos e territórios e, até mesmo, apresentar informações úteis ou curiosidades sobre atrativos e patrimônios. E, desta forma, configura-se um importante instrumento de comunicação para deslocamentos e acessibilidade de turistas pelo país.

Entre os contratos assinados pelo Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo, para apoio à sinalização de equipamentos e atrativos turísticos, está uma proposta com São José dos Pinhais (PR), no valor de R$ 709,3 mil, sendo 231,8 mil em contrapartida do município. Com a integralidade do valor já repassado, o município pôde implantar sinalização em roteiros turísticos urbanos e rurais.

Outro projeto que está em execução e conta com R$ 916,8 mil do Governo Federal é a implantação de sinalização em Oeiras (PI), distante cerca de 313 km da capital Teresina. A estratégia é melhorar o acesso dos visitantes a partir da instalação de placas de sinalização em patrimônios turísticos da cidade que tem, entre seus principais atrativos, a Casa da Pólvora, o Moro do Leme, o Museu de Arte Religiosa e a Casa das 12 Janelas.

Já Uberaba (MG), localizada no Triângulo Mineiro, conta com R$ 481,1 mil do Governo Federal para implementação de sinalização turística. A iniciativa deve contribuir para o aumento do fluxo turístico na região a partir da oferta de informações atualizadas e completas sobre os atrativos da cidade que se destaca por abrigar, por exemplo, o Sítio Paleontológico de Peirópolis. O local reúne um conjunto significativo de fósseis que lhe renderam, inclusive, o título de “Terra dos Dinossauros”.

O Governo Federal também autorizou R$ 481,1 mil para melhorias na sinalização turística dos acessos aos municípios de Conde, João Pessoa e Cabedelo, na Paraíba, que tem no segmento de sol e mar seu principal nicho de mercado. O objetivo é estimular, principalmente, o fluxo turístico no litoral do estado e a interiorização do turismo.

A cidade de Paraty, localizada na região sul do litoral do Rio de Janeiro, também foi contemplada com R$ 960 mil do Governo. Os recursos possibilitarão orientar turistas que buscam chegar a atrativos naturais, históricos e culturais da região.

ORIENTAÇÕES

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), vinculado à Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, lançou uma nova versão do Guia Brasileiro de Sinalização Turística no ano passado. O documento apresenta um passo a passo para que estados e municípios possam sinalizar os deslocamentos, quer sejam feitos a pé, de bicicleta ou automóvel a destinos, locais e atrações de interesse turístico.

A ideia é construir uma linguagem comum que retrate a diversidade cultural do país, valorizando a identidade e as peculiaridades das regiões brasileiras e garantindo a unidade de forma das placas. E, com isso, orientar locais turísticos nacionais quanto à sinalização adequada para facilitar a movimentação de visitantes em locais como sítios históricos, artísticos, naturais e arqueológicos e paisagens culturais. Clique AQUI para acessar.

Com informações do Ministério do Turismo.

Fonte
Governo do Brasil

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo