EM DESTAQUEIMPRENSANOTÍCIAS

Governo Federal fecha o cerco ao crime organizado e mira combate ao tráfico de drogas em todo o país

Coordenada pelo Governo Federal, por meio da Seopi, a Operação Narco Brasil se iniciou, nesta segunda-feira (27/06), com atuação integrada da PRF, Secretarias de Segurança Pública e Polícias Civis e Militares



Teve início, nesta segunda-feira (27/06), a segunda edição da Operação Narco Brasil de combate ao tráfico de drogas e incineração de entorpecentes. Coordenada pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi), do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), a operação é uma parceria com a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) em alusão ao Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas, comemorado em 26 de junho.

As ações de fiscalização, repressão e monitoramento ocorrem em todos os estados e no Distrito Federal com a integração da Polícia Rodoviária Federal, Secretarias de Segurança Pública e Polícias Civis e Militares.

Dados

O Relatório Mundial sobre Drogas de 2021 aponta que 275 milhões de pessoas passaram a usar drogas no mundo. Além disso, 36 milhões sofreram de transtornos associados ao uso de drogas no mesmo ano. Sem contar no aumento dos mercados de drogas, na dark web, chegando a uma estimativa anual de US$ 315 milhões, segundo o relatório.

De acordo com o ministério, é para intensificar a repressão ao consumo e tráfico de drogas que a Narco Brasil entrou no calendário de operações da Seopi como parte das estratégias do Governo Federal, por meio do Ministério da Justiça e Segurança Pública, para reduzir a oferta de entorpecentes, desarticular quadrilhas, prender infratores e contribuir para a pacificação das cidades e proteção de seus cidadãos.

Balanço

Na edição de 2021, a Narco Brasil alcançou em torno de 3,7 mil municípios com um efetivo de 74,7 mil policiais e apreensão de 133 mil quilos de drogas: cocaína (12,1 mil kg), crack (7 mil kg), haxixe (75 kg), maconha (88,2 mil kg), skank (3 mil kg) e drogas sintéticas (22,5 mil kg). Quanto a insumos para a fabricação de drogas foram apreendidos 495 kg. O total de drogas incineradas foi de 272.895 kg.

A operação também resultou na prisão de 9.152 pessoas e apreensão de armas (3.052), munições (22.021), veículos (3.296), 115,7 mil em moeda estrangeira, R$ 4,4 milhões e 876 menores apreendidos.

Também foram cumpridos 3.375 mandados de busca e apreensão domiciliar, 110 mandados de busca e apreensão de menor infrator e 2.249 mandados de prisão.

Com informações do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Fonte
Governo do Brasil

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Cáceres -MT, divisa com a Bolívia está precisando com urgência de uma ação desta plenitude, ajude-nos por favor, as guerras entre as facções estão matando inocentes toda semana. Inclusive meu sobrinho Thiago Almeida soldado do exército brasileiro foi vítima desses bandidos e morto por engano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo