Ministério da Saúde agiliza atendimento a suspeitos de COVID-19

Postos de saúde em regiões que já identificaram transmissão comunitária de coronavírus passam a adotar nova metodologia de atendimento para pacientes que buscam as unidades com sintomas característicos do COVID-19, como febre junto com tosse, dor de garganta ou dificuldade respiratória.

O Ministério da Saúde, em parceria com as entidades integrantes do Centro de Operações de Emergência (COE) do coronavírus, criou a ferramenta de triagem rápida (Fast Track), um protocolo de fluxo de atendimento para ser utilizado durante a emergência do coronavírus.

O novo método irá acelerar o atendimento de casos suspeitos pelas equipes da Atenção Primária nos postos de saúde, impedindo a circulação e o contágio do vírus nesses ambientes.

Publicação Anterior

Carla Zambelli alcança 600 mil likes no Facebook e agradece ao público

Próxima Publicação

Carla Zambelli pronuncia-se sobre discurso do presidente Bolsonaro e afirma que governo está empenhado em combater o novo coronavírus

2 comentários

  1. Emília disse:

    Espero que os políticos mal-intencionados, não tirem proveito da situação que estamos passando e colabore com o nosso Presidente para ajudar a nação. Estamos Atentos! Vamos Orar e Vigiar Que Deus nos abençoe

  2. GODHA disse:

    Olá
    Apoio Bolsonaro
    MAS Acho QUE A Direita e muito desorganizada. Precisamos nps prganozar em liderancas por cidades e estados. Juntos sonos fortes
    MAS desunidos somos apenas um grupinho

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Scroll to top