EM DESTAQUEIMPRENSANOTÍCIAS

Zambelli pede investigação acerca da aliança CUT/PT e partido de Lula pode ficar sem fundo eleitoral ou ser cassado.



A Deputada Federal Carla Zambelli apresentou, nesta quarta-feira (15), um pedido de investigação à Procuradoria-Geral Eleitoral para apurar fatos divulgados em matéria publicada pelo portal Metrópoles, intitulada “CUT cria ‘brigadas digitais’ no WhatsApp para enviar material pró-Lula.

Na reportagem, narra-se que dirigentes de entidade Sindical da Central Única dos Trabalhadores (CUT), contam, em vídeo, formar brigadas para guerrilha digital, onde foram contratadas empresas para disparos utilizando aplicativos de mensageria instantânea para realizar campanha antecipada para o pré-candidato à Presidência da República, Luis Inácio Lula da Silva.

Na ação, a deputada aponta uma série de condutas ilícitas: “i) distribuição de material de cunho eleitoral; ii) contratação de prestadores de serviço por pessoa jurídica interposta em favor de pretensa candidatura; iii) indícios de distribuição massiva automatizada de conteúdo; iv) apoio direto de entidade sindical a partido político.”

Por fim, Zambelli solicita à PGE, suspensão imediata do recebimento de valores dos Fundos Partidários do PT, cassação do registro do partido e impugnação de eventual requerimento de registro de candidatura de Lula, ante o abuso de poder econômico configurado.

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo